TEMA DE REDAÇÃO | Os desafios da terceira idade no Brasil

O tema é: Os desafios da terceira idade no Brasil. Quais são os desafios e quais são as soluções? Reflita a respeito, considerando as leituras abaixo e também o seu conhecimento de mundo. Feito isso, escreva um texto dissertativo no qual você defenda os seus argumentos de maneira clara, objetiva e precisa.

Não deixe de fazer o seu brainstorm -> esqueleto -> rascunho.

Abaixo, você encontra os textos de apoio. Leia tudo com bastante atenção. Busque outras leituras, caso julgue necessário. Por fim, produza um texto dissertativo argumentativo, que deve conter entre 25 e 30 linhas.

***

Se você está preparando para o ENEM, o ideal é que escreva a sua redação com base nas instruções abaixo, extraídas/adaptadas da prova de 2018:

  • A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação terá o número de linhas copiadas desconsiderado para efeito de correção.
  • o seu texto deve ter entre 7 e 30 linhas. Menos que 7 torna o texto “insuficiente”.
  • cuidado para não fugir ao tema e não deixe de atender ao tipo dissertativo-argumentativo.
  • cuidado para não apresentar parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto.

 

TEXTOS DE APOIO

Texto 1

Segundo Claudia Fló, presidente do Departamento de Gerontologia da SBGG, engana-se quem relaciona envelhecimento ativo apenas com as atividades físicas. A especialista observa que ser ativo se baseia em três pilares: participação social, cuidados com a saúde e proteção ao idoso. “Envelhecimento ativo é o idoso poder participar da sociedade, da sua família e se atualizar sobre o que acontece no mundo. Pontos como esses são extremamente importantes”, afirma Claudia. [Leia o texto completo]

Fonte: Qualidade de vida na terceira idade é desafio para as próximas décadas / Blog do Dr. Paulo Brambilla

Texto 2

Até 2060, a população com 80 anos ou mais deve somar 19 milhões de pessoas, diz o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
(…)
Hoje, já há previsão legal, inclusive no Estatuto do Idoso, de 2003, para que os sistemas escolares trabalhem conteúdos sobre esse tema, mas, segundo Auh, isso não tem sido feito. Representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), ele diz ainda que a promoção dessa valorização passa pela garantia de mais informações para os idosos acerca dos seus próprios direitos.

Outro desafio do país é aumentar a oferta de políticas públicas que garantam que a população idosa envelheça de forma ativa. “Não adianta um corpo vivo. É preciso que a mente e as relações das pessoas idosas estejam em atividade”, afirma. Uma das questões mais relevantes para ele é a política de acolhimento. Diante de mudanças nas configurações sociais, muitos idosos passaram a ficar sem companhia em casa e sem receber os cuidados necessários, conversar ou contar com o apoio da família para desenvolver atividades. [Leia o texto completo]

Fonte: Brasil tem desafio de garantir envelhecimento populacional com qualidade / Agência Brasil

Texto 3

O aumento demográfico da população idosa gera desafios para a sociedade que precisa desenvolver meios para enfrentar as demandas específicas decorrentes dessa nova realidade etária. Nesse sentido, torna-se imprescindível ressaltar a importância de estudos e pesquisas para um melhor entendimento do processo de envelhecimento tendo em vista garantir um melhor envelhecer.
O envelhecimento populacional é uma realidade mundial, e o aumento do número de pessoas idosas é certamente consequência do prolongamento da vida que se apresenta como fato inquestionável há mais de uma década. Esse fenômeno resultou em diversas mudanças sociais, estruturais e, principalmente, culturais, gerando demandas específicas do segmento idoso. Para atendê-las, são necessárias ações e projetos inovadores, a fim de aprimorar o atendimento dispensado a essas pessoas. Todavia, a sociedade civil e os órgãos públicos não se encontram devidamente preparados para atender essa faixa etária, levando-se em conta que a realidade do envelhecimento é muito complexa e ainda pouco conhecida. [ Leia o texto completo]

Fonte: Os desafios do envelhecimento com qualidade de vida / Portal do Envelhecimento

Texto 4

“Espaços públicos, edificações, sistema de transporte e condições de moradia da cidade contribuem para uma mobilidade segura, um comportamento saudável, para a participação social e para a autodeterminação ou, ao contrário, para um isolamento amedrontado, para a inatividade e exclusão social” [Leia o texto completo]

Fonte: Trecho do “Guia Global: Cidade Amiga do Idoso” da OMS, via Nexo Jornal

Texto 5

(Cecomil/Reprodução)

Texto 6

 

Boa produção!

Um abraço,
Equipe Redação Nota Dez

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *