TEMA DE REDAÇÃO | A violência e o racismo estrutural

O presente tema conta com três textos de apoio, um texto escrito e dois vídeos. Você pode buscar outras leituras, se preferir. Utilizando-se das ferramentas de brainstorm e esqueleto, reflita sobre o seu ponto de vista e argumentos e dê início ao seu planejamento textual. Em seu texto dissertativo, você deverá argumentar sobre o seguinte tema: A relação entre a violência e o racismo estrutural no Brasil e como resolver este problema. Atenção: você não precisa (mas pode) focar a sua argumentação da violência no sistema carcerário. Há outras violências (muitas) que tomam o racismo estrutural como base. Isso está posto, por exemplo, no vídeo do segundo texto de apoio.

Se você está preparando para o ENEM, o ideal é que escreva a sua redação com base nas instruções abaixo, extraídas/adaptadas da prova de 2018:

  • A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação terá o número de linhas copiadas desconsiderado para efeito de correção.
  • O seu texto deve ter entre 7 e 30 linhas. Menos que 7 torna o texto “insuficiente”.
  • Cuidado para não fugir ao tema e não deixe de atender ao tipo dissertativo-argumentativo.
  • Cuidado para não apresentar parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto.

 

TEXTO DE APOIO

Texto 1

Nós temos hoje cerca de 72 mil homicídios por ano no Brasil, o crime mais grave que há. Desse número, uma parcela ínfima é investigada. A taxa de impunidade presumida é que 8% dos homicídios sejam investigados, para usar o número ao qual eu aludo no livro. Isso, entretanto, não significa que o Brasil seja o país da impunidade como muitas vezes se diz levianamente. Não é o país da impunidade porque temos a terceira maior população carcerária do mundo, com 800 mil presos, e a que cresce mais rapidamente desde 2002. Esses encarcerados e essas vítimas de homicídio têm uma mesma característica: na sua imensa maioria são negros. (…) temos presídios com mais de 70% de encarcerados negros. Boa parte estão ali em prisão provisória. Esquecidos, largados, sem serem julgados. E o subgrupo que cresce mais rapidamente nesse universo é o formado pelos que cumprem pena por tráfico ou por transgressão à lei de drogas. [Leia o texto completo]

Fonte: Licença para matar gera corrupção policial, diz coautor de “Elite da Tropa” / UOL

Texto 2

O que é racismo estrutural? / Canal: TV Boitempo

Texto 3

A nova segregação: racismo e encarceramento em massa / Canal: TV Boitempo

 

Boa produção!

Um abraço,
Equipe Redação Nota Dez

 

 

* A imagem utilizada nesta postagem foi extraída do site Pragmatismo Político.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *