PMESP Turmas abertas

Turma Intensiva CFO PMESP 2014 – INSCRIÇÕES ABERTAS

edital do concurso CFO PMESP 2014 foi publicado, com 220 vagas.

A prova de Redação (Prova Escrita – Parte II) será de caráter eliminatório e classificatório, tal qual a prova objetiva, e apresentará proposta para redação de texto dissertativo-argumentativo.

Se você é um candidato a esse concurso, mas tem dificuldade em desenvolver uma redação, a turma Intensiva CFO PMESP 2014 tem o que você precisa:

- análise do edital e das provas anteriores;
- materiais didáticos e de apoio;
- temas produzidos com base no que vem sendo cobrado nas provas anteriores;
- correção dos seus textos, semanalmente;
- tira-dúvidas por e-mail.

E tudo isso sem precisar sair de casa! O nosso programa é 100% virtual. Para saber mais sobre essa turma, clique aqui. A sua inscrição deve ser feita através do nosso site e o pagamento pode ser por depósito, transferência, boleto ou ainda parcelado em até 12 vezes.

Em caso de dúvidas, escreva pra gente: notadezredacao@gmail.com.

TEMAS DE REDAÇÃO

Estupro: de quem é a culpa?

Você sabe qual o conceito de estupro? Você sabe quantas pessoas são estupradas por mês no Brasil? Você sabe como se sentem as mulheres estupradas? Você acha que elas são culpadas pelo estupro sofrido? De quem é a culpa?
O tema do mês de abril trata desse assunto tão antigo, mas tão atual…!
Abaixo, estão os textos de apoio. Leia-os. Assista ao vídeo. Desenvolva a sua redação.

TEXTOS DE APOIO | Abril de 2014

Um abraço,

Equipe RND

PMESP Turmas abertas

CFSd PMESP 2014 – Turma em breve!

PMESP Turmas abertas

Turma de Redação para o CFO PMESP

O edital do concurso para o CFO da PMESP foi publicado no último dia 05.
Você se sente seguro(a) para a prova de redação?
Na próxima segunda-feira, dia 14, abriremos inscrições para a turma Intensiva CFO PMESP 2014.
Fique atento(a)!

PMERJ Turmas abertas

Turma Intensivão CFO PMERJ 2014

O edital do concurso CFO PMERJ 2014 foi publicado no último dia 04, com 120 vagas.

A prova de Redação será de caráter eliminatório e classificatório, tal qual a prova objetiva, e apresentará proposta para redação de texto argumentativo.

Se você é um candidato a esse concurso, mas tem dificuldade em desenvolver uma redação, a turma Intensivão CFO PMERJ 2014 tem o que você precisa:

- análise do edital e das provas anteriores;
- materiais didáticos e de apoio;
- temas produzidos com base no que vem sendo cobrado nas provas anteriores;
- correção dos seus textos, semanalmente;
- tira-dúvidas por e-mail.

E tudo isso sem precisar sair de casa! O nosso programa é 100% virtual. Para saber mais sobre essa turma, clique aqui. A sua inscrição deve ser feita através do nosso site e o pagamento pode ser por depósito, transferência, boleto ou ainda parcelado em até 12 vezes.

Em caso de dúvidas, escreva pra gente: notadezredacao@gmail.com.

BANCO DO BRASIL

Inscrições abertas para a turma BB SESMT 2014

Aos inscritos no concurso do Banco do Brasil, nos cargos de Auxiliar de Enfermagem do Trabalho, Técnico de Segurança do Trabalho, Enfermeiro do Trabalho, Engenheiro de Segurança do Trabalho e Médico do Trabalho, essa é uma ótima oportunidade de treinar a sua redação sem sair de casa.

A turma Banco do Brasil – SESMT 2014 começará no próximo sábado, dia 05, com a entrega de temas e materiais didáticos e de apoio. Quer saber mais sobre o cronograma e demais informações sobre essa turma? Então, clica aqui!

A inscrição possui o valor de R$150,00, que pode ser parcelado em até 12 vezes no cartão. Inscreva-se!

Você ainda não conhece como funciona o nosso programa? Aqui ó!

Será um prazer tê-lo(a) em nossa equipe.

Dica de Português Dica de Redação

Entenda de uma vez por todas o uso dos porquês

Se você não sabe bem a diferença entre os porquês, “não há nada de novo debaixo do sol”. Muitas pessoas passam por esse problema também. Muitas. Muitíssimas. Mas ler essa postagem até o final lhe fará sair desse grupo extenso. Veja que coisa boa!
Vamos lá!

São 4 os porquês:

POR QUE (separado, sem acento)
Você deve utilizá-lo em perguntas (em início e meio, nunca no final). Ou quando estiverem, mesmo que não explícitas, as palavras “razão” e “motivo”.
Ex.: Por que você não trouxe a apostila de Direito Penal? / Você sabe por que motivo ela foi embora. / Ela contou por que (motivo, razão) estava tão animada? / Por que você bebe Nova Schin?

POR QUÊ (separado, com acento)
Você deve utilizá-lo em finais de frases.
Ex.: Ele não foi por quê? / Por quê? / Você sabe por quê. / É Nova Schin e você ainda quer saber por quê?

PORQUE (junto, sem acento)
Você deve utilizá-lo quando for uma explicação ou uma causa.
Ex.: Porque sim! / Viajei para Minas porque a passagem estava com um preço ótimo.

PORQUÊ (junto, com acento)
Você deve utilizá-lo quando estiver substantivado e substituir “motivo”, “razão”.
Ex.: Eu não sei o porquê disso tudo. / Veio até mim cheio de porquês. / Pergunte a quem bebe Nova Schin e saberá o porquê.

Repare que o porquê (junto, com acento) e o por quê (separado, com acento) podem ser utilizados em final de frase. A diferença é que o primeiro deve vir precedido do artigo, substantivando-0.

Entendido?
Em caso de dúvidas, escreva pra gente! notadezredacao@gmail.com
Um abraço da nossa equipe!

Turmas abertas

Noções Gerais de Dissertação Argumentativa | INSCREVA-SE

Quando você tem de escrever um texto dissertativo-argumentativo, o que acontece?

a) dá um branco total e você não consegue começar a sua redação

b) você até sabe o que quer escrever, mas não sabe como organizar tudo no papel

c) arrepende-se por todos os anos que você deveria ter lido, mas nada fez

d) dissertativo-argumentativo? O que é isso mesmo?

Se você se encaixou em alguma das alternativas acima, essa turma é para você!

Junte-se à nossa equipe e entenda que não adianta ler sem exercitar a sua escrita, tampouco tentar escrever sem ter o mínimo conteúdo. Mais que isso: entenda que é preciso ler, exercitar e ter os seus textos corrigidos. E é para isso que estamos aqui: para ajudá-lo a detectar deslizes ou pontos positivos e potenciais em seu texto.

Esteja preparado no momento da sua prova de concurso ou vestibular. Sabemos que você não quer suar frio nem entrar em pânico, sem a noção do que fazer em um momento tão definitivo.

Conheça mais sobre a turma NOÇÕES GERAIS DE DISSERTAÇÃO ARGUMENTATIVA. E inscreva-se!

E não deixe de dar uma lida no que andam falando da gente.

Um abraço da equipe Redação Nota Dez

 

TEMAS DE REDAÇÃO

Copa do Mundo 2014: uma denúncia sobre o Brasil

Leitor, preparamos mais um tema pra você!
Clique no link abaixo e leia com atenção cada texto de apoio. Em seguida, capriche na sua redação!

 TEXTOS DE APOIO | Março de 2014

Aquele abraço!

Dica de Português Dica de Redação

Você sabe a diferença entre SENÃO e SE NÃO?

Dollynho errou no Português!

Você sabe a diferença entre “senão” e “se não”?

Segundo Ernani Terra (certamente você já viu alguma gramática dele), o termo “senão” possui várias funções:

1) conjunção alternativa (caso contrário);
2) conjunção adversativa (mas);
3) preposição (com exceção de, exceto);
4) substantivo masculino (falha, efeito).

Já o “se não” deve ser usado quando o “se” for uma conjunção condicional (podendo ser substituído por “caso”) ou (podendo ser trocada, com a oração que ela introduz, por “isso”, “isto” ou “aquilo”).

Seguem alguns exemplos:

Você deve estudar, senão não passará no concurso da Caixa.
Você deve estudar, caso contrário não passará no concurso da Caixa.

Meu emprego é perfeito. Ele só tem um senão: meu chefe.
Meu emprego é perfeito. Ele só tem uma falha/um defeito: meu chefe.

Se não chover, irei ao cinema ver Robocop.
Caso não chova, irei ao cinema ver Robocop.

A quem, senão a ela, devo entregar meus documentos?
A quem, exceto a ela, devo entregar meus documentos?

Passei no vestibular não por sorte, senão por merecimento.
Passei no vestibular não por sorte, mas por merecimento.

Perguntei se não iria incomodá-lo.
Perguntei isso: iria incomodá-lo?

Correção do Dollynho: “Não passe os amiguinhos pra trás, senão [caso contrário] vai ficar sujo na rodinha.”